O Marítimo empatou, esta sexta-feira, sem golos na recepção ao Moreirense, em partida referente à 8.ª jornada da edição 2021-2022 da Liga Portugal BWIN e somou mais um ponto à sua conta corrente.

A partida disputada no Estádio da Madeira, na Choupana, ficou, de resto, marcada por mais transpiração do que inspiração, e tanto assim é que os ataques nunca se conseguiram superiorizar às defesas.

A formação que viajou de Moreira de Cónegos criou as primeiras ocasiões de perigo junto à baliza verde-rubra, mas contou sempre com a oposição de qualidade de João Miguel Silva, que regresso à titularidade e fechou, sempre que necessário, o último reduto insular.

Respondeu a equipa orientada por Júlio Velázquez, através de remates de meia distância que tiveram como protagonistas Zainadine Junior e Bruno Xadas, cenário que permitiu ao Leão do Almirante Reis passar os últimos instantes da primeira parte no seu meio campo ofensivo.

À semelhança do que aconteceu nos primeiros 45 minutos, os primeiros sinais de perigo vieram da formação visitante, mas, com o passar dos minutos e o desgaste que se foi apoderando dos jogadores, a formação madeirense foi estabilizando o jogo.

O nulo persistiu até ao apito final e, assim sendo, o resultado traduziu-se num empate que deixa Marítimo e Moreirense de mão dada na tabela classificativa, com sete pontos conquistados, numa altura em que as competições domésticas param para os compromissos das seleções.