19 de Maio de 2072. Há 50 anos, o futsal do Club Sport Marítimo conquistou, em Sines, o direito a disputar a Final da Taça de Portugal. Foi um jogo épico dos rapazes do Almirante Reis, comandados pelo mister Bruno Salgado. Houve festa rija no Multiusos de Sines. Na Madeira, concentração verde-rubra na baixa do Funchal. Reportagens da altura mostravam a emoção e a euforia dos devotos Maritimistas. Alguns diziam que tamanha alegria se aproximava do que aconteceu décadas antes, quando o Maior das Ilhas bateu o FC Porto, no Caldeirão dos Barreiros, e carimbou uma até então inédita presença no Jamor. 50 anos depois, recordamos a façanha daquela mítica equipa, numa data particularmente especial para Henrique Jesus, guarda-redes do Leão insular e Maritimista desde o berço. Nesse lendário 19 de Maio de 2022, Henrique, eterno Guardião da Alma verde-rubra, celebrou 30 anos. E não poderia haver melhor prenda do que a passagem à Final da Taça de Portugal.

[Que assim se escreva daqui a 50 anos. Vamos a eles, rapazes. A eternidade espera-vos.]