Nuno Naré, coordenador do Departamento de Futebol Jovem do Club Sport Marítimo, foi o convidado de honra da edição desta terça-feira do podcast «Chá e Futebol às 5», numa conversa inteiramente dedicada ao futebol de formação e ao projecto do Marítimo.

Como uma longa experiência ligado ao futebol jovem e ao desenvolvimento de jovens atletas, ao serviço de Sporting CP, Estrela da Amadora, União e Marítimo, Nuno Naré destaca as bases da infraestrutura maritimista, num projecto que assume a aposta na identidade e cultura do jogador madeirense.

«O Maritimo foi, desde sempre, um clube formador, ao ponto de nunca ter deixado de aposta na equipa B. Depois optámos por criar uma equipa C, que competia no Campeonato Regional e de onde saiu o Fábio China. Mais tarde, depois de a Federação ter criado a Liga Revelação avançou-se para isso de forma a criar mais um nível», começou por dizer o coordenador de formação do Club Sport Marítimo, salientando que toda a estrutura do clube propicia a aposta na formação

«Todos os atletas serem avaliados pelo Marítimo LAB, porque reconhecemos que só a qualidade não chega.A nossa preocupação constante é melhorar procedimentos, condições de trabalho para que consigamos potenciar cada vez mais jogadores para o plantel principal», sublinhou.

Nuno Naré mostra-se orgulhoso por pertencer à estrutura verde-rubra, sublinhando que é gratificante ver todo o trabalho desenvolvido na formação dar frutos no topo da pirâmide.

«O Marítimo tem uma cultura e uma história ligada à formação. Além de toda a estrutura do futebol jovem, participamos em diversas acções nas escolas, inclusivamente com jogadores do plantel principal, para diversas acções/campanhas direccionadas ao público mais jovem», rematou.

EP. 53 com Nuno Naré

EP. 53 com Nuno Naré

Posted by Chá e Futebol às 5 on Tuesday, 12 May 2020