O Club Sport Marítimo inaugurou, esta terça-feira, dia 1 de junho de 2021, a Sala São João Paulo II, situada rés-do-chão do Estádio do Marítimo, junto ao balneário verde-rubro.

Na ocasião, o Presidente do Marítimo, Carlos Pereira, referiu que este é um espaço para os atletas e, também, um local aberto às visitas ao Estádio do Marítimo.

«Nós estamos a comemorar a vinda do Papa ao Estádio dos Barreiros. Por isso, por pedido de alguns atletas, que têm por norma fazer as suas orações, temos agora um oratório perto do balneário. Queremos dar continuidade à nossa devoção católica», afirmou o líder verde-rubro.

Presidente Carlos Pereira na inauguração do oratório no Estádio do Marítimo

A cerimónia teve uma resenha histórica feita pelo Bispo emérito D. Teodoro Faria que felicitou o Marítimo pela nobre iniciativa, que assinalou os 30 anos da passagem do Papa João Paulo II à Madeira

«A vinda de João Paulo II é um facto que irá ser recordado na história da Madeira. Tive a vantagem de trazer o papa à Madeira, que era um homem muito aberto e um desportista. Hoje, felicito este oratório, um local onde esteve um papa. Precisámos destas memórias», recordou o bispo emérito do Funchal.

Bispo emérito, D. Teodoro de Faria

O novo espaço religioso de culto católico, em memória do Papa João Paulo II, foi benzido pelo Bispo do Funchal D. Nuno Brás, que destacou o marco histórico que ficou gravado na história da Madeira e no coração dos maritimistas.

«O Estádio dos Barreiros acolheu um santo, que foi papa. Na altura segui de longe, pois estava em Roma, e foi de facto uma grande manifestação de fé. Este é um espaço onde os atletas podem ligar o desporto com a própria vida», referiu o chefe da igreja madeirense.

Bispo D. Nuno Brás benzeu a Sala São João Paulo II

Assista à reportagem da Marítimo TV.