Em jogo da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, o Marítimo venceu o Penafiel, por 2-3, com os três golos da vitória maritimista a serem apontados pelo avançado brasileiro.

A partida não iniciou da melhor forma para o conjunto verde-rubro, uma vez que, Charles, fez falta dentro de área sobre um avançado da equipa da casa. Bruno César, de penálti, abriu o ativo no marcador.

15 minutos volvidos, foi a vez de Rodrigo Pinho restabelecer a igualdade no resultado e fazer o primeiro da sua conta pessoal, também através da marca dos onze metros. O empate a uma bola durou até ao descanso.

No segundo tempo foi, novamente, a equipa da casa a mexer no marcador e a colocar-se em vantagem.

O conjunto maritimista depois de algumas alterações, voltou à carga e chegou ao empate, através de grande penalidade. Rodrigo Pinho foi responsável por marcar o penálti, que ele próprio havia sofrido.

As equipas não conseguiram desfazer o empate até ao final do tempo regulamentar, levando a partida para prolongamento.

Na primeira parte do prolongamento, o avançado brasileiro, fez mais uma vez o gosto ao pé, aproveitando um mau atraso para o guarda-redes contrário, fixando o resultado no marcador e concedendo a passagem à próxima eliminatória da prova rainha.

Ficha de Jogo

Onze inicial: Charles (GR), Winck, Kerkez (René, 32′), Lucas Áfrico, Hermes, Irmer (Rafik Guitane, 77′), Pelágio, Rúben Macedo (Fábio China, 104′), Fumu Tamuzo (Correa, 61′), Joel (Alipour, 61′) e Rodrigo Pinho (Jean Cléber, 104′)

Suplentes não utilizados: Caio Secco (GR)

Disciplina: Cartão amarelo mostrado a Irmer, Charles, Winck e René

Golos: 1-1 Rodrigo Pinho (31′ g.p.), 2-2 Rodrigo Pinho (79′, g.p.) e 2-3 Rodrigo Pinho (93′)

*Foto DR