O Marítimo da Madeira regressou, este Sábado, a casa, começou a vencer, mas não conseguiu levar de vencido o Portimonense, em partida referente à 4.ª jornada da Liga NOS.

As primeiras oportunidades de golo até foram favoráveis à formação orientada por Lito Vidigal, a mais flagrante esteve nos pés de Jefferson, ainda na etapa inicial, que só não terminou no fundo da baliza algarvia graças a uma intervenção do guarda-redes Samuel.

O momento de felicidade verde-rubra acabaria, contudo, por chegar no início da etapa complementar, numa grande penalidade transformada em golo por Rodrigo Pinho (48′).

As características do jogo alteraram-se e o Portimonense acabou por promover a cambalhota no marcador, em dois lances concluídos por Dener (69) e Anderson (74′).

Apesar dos dissabores, a formação verde-rubra ainda foi em buscar dos pontos, em lances protagonizados por Jorge Correa e Jean Irmer, que ficaram perto do golo.

O Marítimo soma seis pontos à quarta jornadas e, na próxima ronda, desloca-se a Moreira de Cónegos, para defrontar o Moreirense, numa partida agendada para Domingo às 15:00 horas, no Estádio Comendador Joaquim Almeida Freitas.