A equipa feminina do Club Sport Marítimo cumpriu, hoje, a 12.ª jornada da fase de campeão, do Campeonato Nacional Feminino – Liga BPI, frente ao SL Benfica.

O conjunto comandado por Luís Gabriel, enfrentou o atual líder da prova, na condição de visitado, no Complexo Desportivo do Marítimo, numa tarefa bastante difícil.

Tarefa essa, que se complicou à passagem do primeiro quarto de hora, quando as encarnadas chegaram à vantagem no marcador, por Marta Cintra.

A constante garra e determinação do conjunto verde-rubro é já uma imagem de marca desta equipa, e por isso, não baixaram os braços, fazendo das saídas para o contra-ataque umas das principais armas para o que restava do jogo.

Na segunda parte a toada manteve-se, mas um penalti assinalado contra o Marítimo, depois de Paula Fernandes ter derrubado uma jogadora contrária, parecia condenar o rumo do jogo. Mas Bárbara Santos tinha outros planos e negou, com uma excelente intervençaõ, aquele que parecia certo: o segundo golo adversário.

Pouco depois, Telma Encarnação, teve nos pés uma excelente oportunidade de igualar a partida, mas não conseguiu ultrapassar a última barreira, permitindo uma boa defesa da guardiã adversária.

Logo de seguida, o Marítimo é castigado, mais uma vez, por uma grande penalidade assinalada, desta feita por mão na bola. A guarda-redes maritimista, não conseguiu impedir o segundo tento, nesta ocasião.

Mas dez minutos volvidos, numa jogada típica de contra-ataque, Nádia Henriques deixou a bola para Telma que, adornou a bola à entrada da área e desferiu um colocado remate, que não deu hipóteses de defesa à guardiã encarnada.

A imprevisibilidade no resultado durou até ao fim do tempo regulamentar, mas sem sofrer nenhuma alteração.

O Marítimo acerta as contas do calendário, esta quarta-feira, quando defrontar o Sporting CP, às 11:00 horas, no Complexo Desportivo do Marítimo.