O Marítimo vai entrar em campo para a recepção ao Belenenses SAD, inserida na 19.ª jornada da Liga Portugal BWIN, na melhor sequência de resultados da temporada e está, desde já, avisado para os perigos de um adversário que tem subido de rendimento nas ultimas partidas.

Na antevisão ao jogo com os Azuis do Restelo, Vasco Seabra deixa de lado a tabela classificativa e preparou a equipa para um jogo difícil, recorrendo aos últimos jogos para explicar o que espera o conjunto verde-rubro no jogo desde Domingo.

«Vamos entrar em campo com um compromisso muito grande. Sabemos que vamos ter um jogo muito difícil porque o Belenenses SAD vem de uma mudança de treinador e fez bons jogos com o Famalicão e com o FC Porto, onde esteve, inclusivamente, a ganhar até ter uma expulsão. Vamos ter pela frente um adversário que tem muita vontade de sair da posição onde está. É um lugar que nos diz pouco porque não olhamos para a classificação quando analisamos os comportamentos do adversário. Focámo-nos, essencialmente, na capacidade que temos de ter para nos mantermos focados no que temos de fazer», começou por dizer técnico verde-rubro, rejeitando, liminarmente, qualquer facilitismo.

«Sentimos nos jogadores um foco e uma vontade muito grande de continuarmos nesta senda. Há uns meses estávamos uma posição acima daquela em que se encontra a BSAD, por isso a classificação não nos diz nada. Estamos muito orgulhosos pelo facto de os nossos adeptos estarem cada vez mais próximos e gostaríamos de lançar o desafio para termos mais gente para o Caldeirão ferver verdadeiramente», vincou.

A recepção ao Belenenses SAD marca, também, o regresso da formação orientada por Vasco Seabra ao Estádio do Marítimo e para o sucesso no próximo jogo o apoio dos adeptos será fundamental.

«Este é o primeiro jogo em casa de 2022, estamos com saudades dos nossos adeptos e eles, seguramente, também têm saudades nossas. Eles sabem que vamos ter pela frente um adversário que vem com uma vontade muito grande de crescer e, para isso, vem à procura de pontos. Perante isto, se não tivermos ao nosso melhor nível vamos sofrer e passar dificuldades. Este, para nós, é o jogo mais importante da época», rematou.