Em jogo da fase de subida o Campeonato de Portugal Prio, o Marítimo B perdeu na 'casa' da UD Oliveirense, por 1-0. Encontro disputado na tarde deste domingo e do qual ressalta, desde logo, uma arbitragem altamente prejudicial para as cores verde-rubros. Sobretudo na primeira parte em que o (des)auxiliar do juiz Hélder Lamas anulou um golo, perfeitamente limpo, a Carlos Daniel, além de outros dois lances de fora-de-jogo tirados erradamente - num dos quais a bola também poderia, na sequência, terminar dentro da baliza oliveirense.

Mesmo assim, os pupilos de Ludgero de Castro foram sempre superiores, explanando um futebol de qualidade e com diversas ocasiões de golo. Numa delas, André Teles atirou ao poste. Mas houve muitas, muitas mais. A contrastar com o adversário que marcou aos 65 minutos, de modo fortuito após um 'canto'.

Sob má arbitragem de Hélder Lamas (Aveiro), o Marítimo B apresentou:

Edgar; Nanu, Gustavo, Diney, China, Aloísio, André Teles, Carlos Daniel (Rudy, 71), Filipe Oliveira 'ca'p, Aldair (Gildo, 59) e Tiago.
Ação disciplinar: cartão amarelo a Diney (57) e Nanu (87)

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração