No segundo jogo incluído no estágio que está a realizar no Algarve, o Marítimo defronta esta 5ª feira, às 19 horas no Estádio da Bela Vista (Lagoa), os ingleses do Sheffield United. Uma partida que está a suscitar curiosidade nos meios de comunicação social britânicos, como é exemplo o The Star.

Num extenso artigo, assinado pelo jornalista James Shield, este socorre-se de uma conversa com o conceituado jornalista madeirense Gonçalo Vasconcelos (Record) para elucidar os leitores da realidade do Marítimo e da própria Região Autónoma da Madeira, trazendo à estampa imensos detalhes: as origens, o início do futebol em Portugal, os primeiros jogos com os ingleses - 'o Marítimo nasceu para defrontar os ingleses que visitavam a Madeira' -, a luta pelo ingresso nos 'nacionais', o 'clube único', o estádio... Curiosamente, fazendo um paralelo entre os dois clubes, Marítimo e Sheffield United, o The Star traduz a realidade numa frase: mais semelhanças do que diferenças apesar das 1.600 milhas de distância. Ambos 'clubes do povo', lutadores pela sua independência...

Uma reportagem do The Star que trata com cuidado a história de um clube, e da própria  Madeira, revelando pormenores interessantes pela pena de James Shield, claro, mas com um importante contributo de Gonçalo Vasconcelos. Um 'cuidado' que convém salientar pois está muitas vezes arredio destas lides...

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração