Em jogo da jornada 31 da Liga NOS, o Marítimo perdeu, na tarde deste domingo, em 'casa' do Feirense, por 2-1. Uma partida que teve atuação do árbitro João Pinheiro com clara influência no desenrolar dos acontecimentos: o primeiro golo do Feirense nasce de um lance em que a bola esteve fora de campo (10 minutos); anulou, mal, um golo a Alex depois de Keita ter ganho o esférico nas alturas ao guardião adversário sem qualquer falta (20 minutos); não assinalou penalti sobre Deyvison (37); mostrou 'amarelo' sem motivo a Luis Martins (39). Acertou na grande penalidade que deu o segundo golo do Feirense, aos 29 minutos, já depois de Fransérgio (24) ter empatado. Também ajustado o 'vermelho', por acumulação, a um atleta da casa, à beira do intervalo.

Com mais uma unidade em campo, os verde-rubros jogaram toda a segunda parte no meio-campo adversário mas não conseguiram marcar, apesar de Erdem (73) e Djoussé (85) terem estado muito próximo de concretizar.

Em Santa Maria da Feira, com arbitragem de João Pinheiro (Braga), o Marítimo alinhou assim:
Charles; Patrick, Zainadine, Deyvison (Djoussé, 66), Luís Martins, Erdem, Fransérgio, Alex, Brito (Xavier, 64), Keita e Edgar (Éber, 80).
Ação disciplinar: cartão amarelo a Luís Martins (39), Edgar (74) e Xavier (75).

Club Sport Marítimo | Todos os direitos reservados | Administração